Terça-feira, 10 de Setembro de 2013

Ouve, Meu Anjo

 

Ouve, meu anjo:
Se eu beijásse a tua pél?
Se eu beijásse a tua boca
Onde a saliva é um mél?...

Quiz afastar-se mostrando
Um sorriso desdenhoso;
Mas ai!
- A carne do assassino
É como a do virtuoso.

N'uma attitude elegante,
Mysteriosa, gentil,
Deu-me o seu corpo doirado
Que eu beijei quase febríl.

Na vidraça da janella,
A chuva, léve, tinia...

Elle apertou-me, cerrando
Os olhos para sonhar...
E eu, lentamente, morria
Como um perfume no ar!
António Botto, in 'Canções'


enviada por antonio01 às 01:59
link do post | comentar | favorito

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner

.tags

. todas as tags