Quarta-feira, 19 de Junho de 2013

Retrato das Mulheres em Todas as Idades

 

Mulher, de quinze a vinte é fresca rosa;
De vinte, a vinte e cinco é de exp'rimenta.
De vinte cinco a trinta, a graça aumenta:
Ditoso nesta idade quem a goza!

De trinta a trinta e cinco é mal gostosa
Porém, pode passar, com sal, pimenta,
Mas já dos trinta e cinco aos quarenta
Vai-se tornando assaz fastidiosa.

De quarenta e cinco ela é bachareleira,
Fala fanhoso e é já de pouco gabo.
De cinquenta cerrados é santeira!

Aos sessenta este seu retrato acabo:
Menina, moça, velha benzedeira,
Bruxa gogosa, então, leve-a o diabo!
Francisco Joaquim Bingre, in 'Sonetos'


enviada por antonio01 às 02:07
link do post | comentar | favorito

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner

.tags

. todas as tags