Sábado, 15 de Junho de 2013

Amar sem Possuir é um Tormento

 

Se a ti, onde Amor leva o pensamento,
Meu triste coração levar pudesse,
Dó terias, cruel, do que padece,
S'inda em teu peito cabe sentimento.

Amar sem possuir é um tormento
Que só quem o suporta é que o conhece.
Não o conheces tu, pois te arrefece
Sempre, na ausência, o frio esquecimento.

Tu tens um coração que se persuade
Dever amar só quando se deleita
Na posse do prazer, da sociedade.

O meu segue outra estrada mais direita,
Ama distante, ferem-no a Saudade
O Ciúme infernal, a vil Suspeita.
Francisco Joaquim Bingre, in 'Sonetos'


enviada por antonio01 às 02:02
link do post | comentar | favorito

Subscribe to RSS headline updates from:
Powered by FeedBurner

.tags

. todas as tags